você se considera protagonista da sua própria vida? personagem principal, eu?

quando criança, é fácil perceber que os meninos facilmente sabem dizer o que querem, enquanto as meninas não só levam mais tempo, mas buscam

e isso acontece por um único motivo: quando somos ensinadas que precisamos agradar, esquecemos quem somos.

só que, nessa vida, se você não toma as suas próprias decisões…

o que acontece quando uma vida toma rumos por decisões alheias? e qual é a sensação de tomar as rédeas dessa tão breve vida?

assumir as suas vontades e desejos, ser responsável por si mesma pode parecer assustador a princípio.

ainda mais quando dizem, de novo e de novo, que o ideal mesmo é que a gente equilibre todos os pratinhos na tentativa (vã) de agradar todo mundo ao-mesmo-tempo-agora-já.

mas vale o questionamento: como seria a sua vida se você passasse a tomar decisões, das menores as mais impactantes, por si mesma?